Carros com Start-Stop: o que é e como funciona

Em suma, carros com Start-Stop fazem a diferença em vários momentos. Pois, além da economia de combustível, existem vários benefícios deste sistema.

Atualmente, quanto maior a quantidade de inovação, melhor a atuação de um produto no mercado. Da mesma forma, melhores são as chances de oferecer ótimos resultados para o consumidor.

Logo, os carros não fogem dessa regra e evoluíram muito na última década.

Por isso, a produção de novos modelos a cada ano proporciona mais praticidade, tecnologia e facilidade para quem os compra.

A otimização de rotas, sensores a distância e o sistema Start-Stop são apenas alguns exemplos de inovações que chegaram no mercado automobilístico para inovar a maneira com que o dono do carro interage com sua máquina.

Afinal, existe uma forma de desligar um automóvel à distância? Isso é uma questão muito essencial em vários casos, pois, pode evitar possíveis acidentes, roubos, etc.

Carros com sensores surgiram há alguns anos. Pois, um sensor para desligar o carro a distância foi feito por estudantes durante uma competição de tecnologia amadora.

O objetivo dos estudantes era evitar acidentes caso um motorista venha a passar mal no volante ou caso haja um furto de carro.

Porém, grandes empresas já criaram o sistema Start-Stop em seus veículos há alguns anos. Trata-se de um sistema muito similar ao sensor produzido pelos estudantes durante a competição.

Entenda como desligar um carro e o que é o sistema start-stop neste guia do Portal Útil sobre o assunto.

O que este artigo aborda:

Carros com Start-Stop Carros com Start-Stop
Pin It

Fonte da imagem: Pixabay

O que é sistema Start-Stop?

Em suma, o sistema Start-Stop não é exatamente o conceito de desligar um carro remotamente. Mas, permite que o motor pare de funcionar assim que o carro estiver sem nenhum movimento.

Em alguns casos, em especial em carros de luxo com grande tecnologia, os sensores são tão potentes que a velocidade necessita ser maior que 5 km/h para que o motor continue ligado.

Contudo, caso a velocidade for igual ou menor a 5 km/h nesses carros, o sistema identifica que o carro está, na verdade, sem nenhum movimento e desliga o motor.

O motor liga assim que o motorista tira o pé do pedal de freio. No caso dos carros manuais, o motor liga ao pisar na embreagem.

Em outros carros, basta o motorista mexer em seu volante ou é preciso que a temperatura da cabine se eleve, pois, durante o uso do carro, o sistema identifica o uso de ar condicionado.

Ou seja, esse sistema possui um conceito similar ao do sistema produzido por alunos durante a competição.

Porém, não é um sistema a distância e pode ser considerado automático, o que é muito mais prático, possuindo sensores muito sensíveis instalados no carro.

Leia também: tudo o que você precisa saber sobre carro elétrico com painel solar.

Os carros com Start-Stop morrem facilmente?

Muitas pessoas temem que obter um automóvel com sistema Start-Stop possa ser difícil por conta do carro poder morrer e até por conta da bateria desgastar mais rápido.

Porém, isso está muito longe da realidade. Afinal, o sistema foi desenvolvido pensando na praticidade em ligar e desligar o carro, como seu nome em inglês até mesmo já demonstra.

Em outras palavras, a realidade é que o religamento do carro através desse sistema é muito mais rápido que o religamento por meio de chave ou botão.

Sendo assim, o sistema Start-Stop não permite que o carro morra facilmente, ele apenas auxilia na praticidade de desligar e ligar o carro.

Logo, não há necessidade de mudar o câmbio do carro ou girar a chave para que o motor comece a funcionar.

Além disso, esse sistema foi feito pensando para evitar vibrações e trepidações que podem incomodar o motorista.

Também deve-se notar que as baterias em carros com esse sistema são reforçadas para aguentar o constante liga e desliga, assim não se desgastam mais rápido.

Como cuidar de carros com Start-Stop?

Fazer uma manutenção preventiva é sempre essencial para evitar problemas futuros com o desligamento e religamento do sistema Start-Stop.

Logo, é essencial que exista uma checagem do automóvel a cada 10 mil quilômetros rodados.

Assim, o motorista pode garantir que tudo está em ordem e que seu carro não vai falhar no momento mais importante.

Quais os tipos de carro que possuem esse sistema?

Atualmente os carros com Start-Stop produzidos são muito mais resistentes, possuem uma bateria ultra resistente ao desgaste e não precisam de muitas preocupações quanto ao sistema de acionamento que é igualmente potente.

Alguns dos tipos de carros no mercado que possuem o sistema de Start-Stop são:

  • Fiat Argo;
  • VW GOLF;
  • VW Polo 200 TSI;
  • Chevrolet Cruze;
  • Entre outros.

Além disso, os carros com Start-Stop possuem o objetivo de inovar com sua tecnologia e ainda oferecer um bom custo benefício para quem compra.

O correto é afirmar que o Start-Stop é apenas uma das várias tecnologias estarão disponíveis nos carros do futuro.

Afinal, trata-se de uma função muito benéfica para o dono do veículo e para as pessoas ao seu redor.

Conclusão

Em suma, os carros com Start-Stop promovem muito mais conforto e bem-estar para os proprietários e passageiros do veículo.

Além disso, a economia proporcionada nas manutenções e abastecimentos do veículo é muito alta.

Autocars Motors

Autocars Motors

Autocars Motors é referência em automóveis em geral, dicas, noticias, cuidados com o carro, review e muito mais. Aprenda sobre como os carros funcionam e fique bem informado com as últimas noticias sobre automóveis.

Sem comentários

Deixe seu comentário

O que achou do nosso texto "Carros com Start-Stop: o que é e como funciona"? Deixe seu comentário, dúvida ou sugestão abaixo.