O que é empreendedorismo infantil: 5 dicas

De acordo com estudo solicitado pela Dell Technologies ao Institute For The Future (IFTF), que foi intitulado “Projetando 2030: uma visão dividida do futuro”, 85% das profissões que o mercado de trabalho terá no futuro ainda não existem.

Se as projeções dos estudos vão se confirmar, ainda é difícil prever, mas o fato é que as constantes mudanças no mundo profissional já são uma realidade atualmente.

O que este artigo aborda:

O que é empreendedorismo infantil O que é empreendedorismo infantil
Pin It

Fonte da imagem: Pexels

O que é empreendedorismo infantil?

Em meio a um mundo do trabalho em constante mutação, a capacidade de empreender se torna um atributo essencial a cada dia. Entretanto, como estimular esse tema em crianças pequenas, para que elas cheguem à idade adulta mais preparadas para lidar com esse cenário?

No início da vida escolar, a criança aprende melhor quando os conteúdos propostos tem relação direta com o seu cotidiano e quando a temática é empreendedorismo a realidade não é diferente.

Neste contexto, situações como guardar brinquedos após o uso, recolher a louça depois das refeições e ajudar na organização dentre outras atividades, ajudam a criança a compreender que todo o entorno tem relação com suas ações.

Essas boas práticas ajudam a consolidar uma atitude empreendedora, porque desenvolvem atributos como autonomia e iniciativa, características essenciais para os empreendedores.

Qual o papel da escola nesse processo?

A partir do momento em que as crianças começam a ter contato com o ambiente escolar, algumas ações desenvolvidas ajudam a consolidar uma mentalidade empreendedora. Porém, os especialistas alertam que as atividades precisam ganhar solidez a partir de valores sociais reconhecidos como respeito, ética, criatividade e solidariedade.

Inclusive, em clubes do livro infantil na própria instituição de ensino, é possível viabilizar o acesso a obras que abordam o assunto.

Entretanto, eles ainda alertam que o empreendedorismo no ambiente escolar não pode ser tratado como um conceito exclusivamente profissional, mas sim como uma alternativa colaborativa de resolver problemas em determinados meios.

Como ensinar empreendedorismo na infância?

Alguns passos simples são de grande relevância na formação de uma mente empreendedora ainda nos primeiros anos de vida. Confira alguns deles!

  1. Ensine a criança a zelar pelos seus pertences pessoais e escolares, zelando por sua higiene e integridade física;
  2. Use expressões como “por favor” e “obrigado” porque fazem alusão a ideia de reciprocidade;
  3. Oriente sobre a relação com animais de estimação, para que desperte neles o senso de zelo e responsabilidade, características essenciais para quem quer empreender;
  4. Estimule o compartilhamento de bens com familiares, amigos e a comunidade no entorno;
  5. A partir dos cinco ou seis anos, já é possível ter uma compreensão inicial sobre a moeda corrente. Neste conceito, já é possível absorver conceitos de valor, compreendendo a relação de consumo com pequenos bens.

Para saber mais sobre empreendedorismo infantil, veja o vídeo do canal Tia Maria Suely.

Portal Útil

Portal Útil

Estamos sempre em busca de assuntos para escrever artigos e guias para direcionar os nossos leitores à solução de um problema cotidiano.

Sem comentários

Deixe seu comentário

O que achou do nosso texto "O que é empreendedorismo infantil: 5 dicas"? Deixe seu comentário, dúvida ou sugestão abaixo.