Abertura de empresa startup: 3 etapas

Se tem um termo ou modelo de negócios que está muito em alta nos últimos anos é o método da “startup”, até mesmo as pessoas que não possuem contato com o mundo do empreendedorismo com toda certeza já ouviram falar dessa palavra e por mais que não saiba ao certo o que é, compreende que é um tipo de empresa.

De forma muito simplificada, segundo o dicionário e a tradução o termo “startup” significa o ato de dar início a algo, porém, em suas aplicações atuais, diz respeito a empresas que possuem pouco tempo de existência, porém, são relevantes no mercado de corporações.

São empreendimentos iniciantes, mas que não devem de forma alguma serem ignorados, pois, possuem um modelo de gestão extremamente ágil, com o foco no longo prazo, porém, com fortes e sólidos números em um curto período de tempo.

As empresas jovens buscam sempre se alocar em nichos e parcelas de mercado inexplorados ou então subexplorados, para que com a sua chegada com uma nova forma de lidar e abordar os problemas e sempre fazendo muito o uso da tecnologia para alcançar clientes e uma escala a nível internacional, em curto período de tempo se tornam imensas referências do nicho.

Para começar uma empresa que se encaixe nos modelos de startups é necessário possuir a sua base em algumas coisas, e é justamente este detalhe que faz o sucesso deste estilo de negócios, uma vez que oferece um rápido crescimento com alta escalabilidade e em uma forma completamente inovadora.

Com este contexto em mente, fica simples compreender por que este modelo de empresas e gestão está tão em alta, é uma possibilidade de crescimento absurda no lado profissional e pessoal.

Muitas das empresas que conhecemos nos dias de hoje como já estabelecidas e dominantes no seu nicho de atuação iniciaram a sua trajetória como uma startup, como por exemplo algumas das gigantes da tecnologia, que hoje são chamadas de unicórnios (startups que alcançam a marca de mais de um bilhão de dólares de valuation). Como por exemplo: Nubank, Pag Seguro, IFood, Vtex, C6 Bank, Descomplica, Tribe, Neon, Gympass, 99 e Stone.

Algumas dessas empresas fazem parte do nosso dia a dia e sequer percebemos que fazem parte deste modelo de negócios.

Se você prestar atenção nessas empresas, já deve ter notado que elas querem reinventar o seu modelo de negócios, apenas adicionaram um pouco de tecnologia e praticidade para seus clientes e isso foi o suficiente para que gerasse uma grande quantidade de usuários.

Essa é uma das principais vantagens de uma startup, que é a implementação da indústria 4.0 dentro de um modelo de serviço ou produto há muito validado e que aos poucos se torna ultrapassado, como por exemplo startup de soluções médicas ou jurídicas como coaching para magistratura. Que apenas faz mudanças na forma de se portar e fazer negócios dentro de modelos empresariais que existem há séculos.

O que este artigo aborda:

Abertura de empresa startup Abertura de empresa startup
Pin It

Fonte da imagem: Pexels

Como funciona a abertura de empresa startup?

A seguir, veja 3 estágios da abertura de uma empresa startup.

Comece pela dor

Mesmo com todas essas vantagens que faz a empresa e modelo de gestão ser cada vez mais atrativo, ainda assim é necessário cuidado. 

Criar uma empresa é e sempre vai ser algo extremamente arriscado, por isso todo cuidado é pouco, mesmo com startups.

O primeiro passo para criar uma empresa nestes moldes que possua sustentabilidade no longo prazo é compreender que só será possível permanecer atuando caso tenha uma sólida base de clientes e pessoas interessadas.

E a melhor forma de conquistar isso é começando a sua empresa a partir de uma dor ou problema que atinja uma grande parcela da população.

Sendo assim, você deve pegar esta “dor ou problema” e oferecer uma solução completa colocando um ponto final e impactando o seu cliente de forma permanente.

As melhores startups começam com uma simples dor ou problema como praticidade, economia ou até mesmo de poupar tempo.

Valide

Com base na dor que escolheu atacar, deve então desenvolver a sua solução, seja um produto ou serviço.

Graças a enorme competitividade nos dias de hoje, é necessário que o seu projeto e planejamento seja muito bem feito, por isso, estude o seu perfil de persona e público alvo, monitore concorrentes e soluções parecidas e se possível tenha sempre o apoio de profissionais experientes em startups, tecnologias e negócios digitais.

MVP

Após o apoio de pessoas experientes, estudo de clientes para ter plena certeza de que realmente o negócio possui uma base de possíveis usuários e soluciona uma grande dor é hora de desenvolver o seu MVP.

Em tradução: minimal viable product, ou seja, produto minimamente viável.

É o modelo mais básico de seu negócio, apenas para colocar para funcionar e ter certeza de que há, sim, uma grande quantidade de pessoas interessadas e principalmente, para saber se o seu produto ou serviço realmente soluciona ou não uma dor ou problema.

Portal Útil

Portal Útil

Estamos sempre em busca de assuntos para escrever artigos e guias para direcionar os nossos leitores à solução de um problema cotidiano.

Sem comentários

Deixe seu comentário

O que achou do nosso texto "Abertura de empresa startup: 3 etapas"? Deixe seu comentário, dúvida ou sugestão abaixo.