Como declarar Bitcoins no imposto de renda? 7 passos

A popularização das criptomoedas como Bitcoin, Ethereum e muitas outras é um dos fatos que mais chamam a atenção nos últimos tempos no mercado financeiro.

Em função desse novo movimento de mercado, muitos investidores começaram a diversificar suas respectivas carteiras nas exchanges com essa classe de ativos, visando ampliar seu leque de ganhos para ter maior lucratividade.

Entretanto, como estamos falando de uma nova faceta do mercado, muitas dúvidas ainda pairam sobre o assunto, inclusive, uma delas diz respeito à obrigatoriedade ou não de declarar os rendimentos com criptoativos no mercado.

O que este artigo aborda:

Como declarar Bitcoins no imposto de renda Como declarar Bitcoins no imposto de renda
Pin It

Fonte da imagem: Pexels

É preciso declarar Bitcoin no imposto de renda?

Primeiramente, é importante lembrar que as principais criptomoedas mais procuradas pelos investidores precisam ser declaradas, já que elas fazem parte do seu patrimônio.

Além disso, a pessoa-física que realizou vendas de criptomoedas com valor acima de R$ 35 mil dentro de um mês estará sujeita a retenção do imposto de renda sobre os lucros computados na operação que deve ser paga no mês seguinte à venda.

Com o intuito de melhor regulamentar essa pauta, a Receita Federal criou códigos específicos na ficha “Bens e Direitos” para o contribuinte incluir informações inerentes aos criptoativos. Já neste ano, essa mesma ficha foi otimizada com a implementação de mais nove itens a serem preenchidos.

Como declarar Bitcoins no imposto de renda?

Sabendo da necessidade de declarar os rendimentos do criptoativo no IR, é importante que o investidor saiba como fazer a sua declaração de uma forma funcional e assertiva. Veja quais passos seguir!

  1. Acesse a ficha “Bens e Direitos” e informe os rendimentos que fazem parte do seu patrimônio;
  2. Caso seja a primeira declaração deste tipo de ativo, clique em “Novo”;
  3. Clique em “Grupo 08 – Criptoativos”;
  4. Selecione o código 01, que é o utilizado para Bitcoin;
  5. informe o nome da criptomoeda, data e valor da aquisição, além do CNPJ da corretora de criptomoedas.
  6. Caso você não tenha uma empresa o auxiliando na intermediação, informe o número da carteira digital utilizada;
  7. informe e a situação no ano retrasado, caso tenha criptoativo, e no ano passado.

Como declarar criptomoedas imposto de renda?

  1. Entre na  ficha “Bens e Direitos” e declare seus ganhos ao longo do exercício;
  2. Sed for a sua primeira declaração deste tipo de ativo, clique em “Novo”;
  3. Clique em “Grupo 08 – Criptoativos”;
  4. Selecione o código 02,  que é o utilizado para outras criptomoedas como Ethereum;
  5. preencha a discriminação, informando o nome da criptomoeda, data e valor da aquisição, além do CNPJ da corretora de criptomoedas.
  6. Caso você não tenha uma empresa o auxiliando na intermediação, informe o número da carteira digital utilizada;
  7. Por outro lado, se essa aquisição foi feita por mineração ou staking, coloque o valor de aquisição com “0 (zero)”;
  8. informe e a situação no ano retrasado, caso tenha criptoativo, e no ano passado.
https://www.youtube.com/watch?v=EZsE7FLLi90

Para saber mais sobre como declarar Bitcoins no imposto de renda, veja o vídeo do canal Invest BR.

Portal Útil

Portal Útil

Estamos sempre em busca de assuntos para escrever artigos e guias para direcionar os nossos leitores à solução de um problema cotidiano.

Sem comentários

Deixe seu comentário

O que achou do nosso texto "Como declarar Bitcoins no imposto de renda? 7 passos"? Deixe seu comentário, dúvida ou sugestão abaixo.