O que é SEO: 9 fatores para conseguir tráfego orgânico

SEO significa otimização para mecanismos de buscas, trata-se de uma estratégia de marketing digital cujo objetivo é colocar um site nas primeiras posições do Google, Bing e outros buscadores.

Hoje em dia, não existe ninguém que nunca ouviu falar no Google, não é mesmo? Afinal, o Google é o buscador mais famoso do mundo, uma ferramenta de pesquisas na internet.

Em suma, os buscadores procuram a cada segundo por páginas novas e fazem a indexação desse conteúdo em seus arquivos.

Assim, quanto alguém pesquisa por alguma palavra, o algoritmo devolve as melhores informações para aquele termo de pesquisa.

Então, digamos que você seja um ciclista e esteja procurando por mochila de hidratação para aumentar seu rendimento ou melhorar a qualidade da sua pedalada.

Se existem centenas de lojas que vendem esse produto, como o Google vai saber qual é a melhor? Certamente o algoritmo tem um nível de hierarquia para classificar centenas de paginas e apresentar as 10 primeiras como as melhores.

E é justamente ai que entra o SEO, ou Search Engine Optimization.

Entenda o que é SEO e quais seus benefícios neste guia do Portal Útil.

O que este artigo aborda:

O que é SEO O que é SEO
Pin It

Fonte da imagem: Pixabay

História do SEO

Como o próprio nome sugere, SEO significa otimização de sites para mecanismos de busca, ou um conjunto de técnicas que ajudam a influenciar o ranking do site no algoritmo nos buscadores.

Criado para organizar a internet, o Google é o mais conhecido do mundo. Mas, podemos falar do Bing, Yahoo, etc.

Essas ferramentas foram inspiradas no meio acadêmico, onde uma organização básica seguida de citações e reputação gera a confiabilidade de um texto.

Lançamento do PageRank

Logo, nasceu o PageRank, uma métrica que ajudava os buscadores a organizarem a quantidade de informações indexadas.

Assim que a comunidade percebeu essa organização, começaram a criar conteúdos que seguiam esses preceitos para que rapidamente eles estivessem “otimizados”. Ou seja, fossem apresentados como resultado de pesquisa nas primeiras páginas.

Desta forma, em meados de 1997, o termo SEO estava começando a surgir.

Mas, que se tem notícia, as primeiras pessoas que falaram em SEO foram Bob Heyman, Leland Harden e Rick Bruner no livro NET RESULTS após uma acalorada discussão sobre a banda Jefferson Starship.

Portanto, isso criou uma oportunidade muito grande para quem estava fora do mercado de trabalho e queria fugir dos sites de vagas de emprego para tentar se recolocar no mercado.

Afinal, com pouco esforço e conhecimento, muita gente conseguiu um lugar ao sol e criou uma oportunidade de renda extra trabalhando com SEO.

Se for verdade ou não, ninguém sabe, mas o SEO a partir dessa época virou uma oportunidade muito grande de negócios. Pois, com a otimização dos sites e demais ações de SEO, as chances de negócios aumentavam muito.

Linkbuilding e SEO Black Hat

Anos depois, os termos Linkbuilding (que significa estratégias de obtenção de links) e Black Hat (que é o lado negro da força dessa mesma técnica, já que a qualidade aqui não é tão levada em conta, onde o que importa é enganar o algoritmo).

O lançamento do Google Adwords

Quando o Google lançou o Adwords em meados dos anos 2000, a disputa nos termos de pesquisa mudou e rapidamente, pois, o Google enxergou que as manipulações de SEO estavam exageradas.

Com isso nasceu o algoritmo Florida, que mudou para sempre a forma de fazer SEO.

Com ele, repetição de palavras e quantidade de links perdeu espaço nas pesquisas. Em outras palavras, surgiram sites com mais qualidade de conteúdo. E essa foi apenas a primeira atualização nesse sentido.

Depois veio o Panda, Penguin, Hummingbird, Mobilegeddon, Rankbrain, Fred… e sabe-se lá quantos ainda virão.

Independente disso, a otimização SEO é feita até hoje para entregar ao usuário a melhor experiência possível com relação ao seu questionamento. Mas, sempre seguindo as diretrizes do buscador.

Quais são os fatores de ranqueamento de SEO?

Se você perguntar o que é SEO, a resposta direta mais provável seria: a otimização de sites é um conjunto de aproximadamente 200 fatores que o algoritmo leva em consideração na hora de indexar um conteúdo.

Mas, para facilitar, veja os 10 fatores de ranqueamento de SEO mais importantes:

  • Autoridade do Domínio;
  • Autoridade da Página;
  • Relevância dos links externos;
  • Conteúdo original;
  • Tamanho e qualidade do conteúdo;
  • Palavra chave no título;
  • Tempo de permanência do usuário na página;
  • Velocidade de carregamento da página;
  • Design responsivo, priorizando a versão conteúdo móbile (Mobile-First).

O que é uma palavra-chave?

A pesquisa de palavras-chave é o fator mais importante quando se pensa em SEO.

Em outras palavras, é o “termo de pesquisa” que o usuário faz para chegar até uma página.

Por exemplo: digamos que você esteja procurando um relacionamento e quer aumentar o repertório de cantadas. A pessoa pode pesquisar por “frases de conquista” que é um termo com aproximadamente 15 mil buscas mensais.

E assim como esse termo de pesquisa, existem milhões de outros termos com milhares de pesquisas. São pessoas procurando as mais diversas coisas, informações ou produtos.

Se você tem o que eles precisam e consegue usar o SEO como forma de entregar isso de forma rápida, a chance de sair na frente e faturar é alta.

Entre os termos de pesquisa, podemos considerar os termos head tail, ou palavra chave curta, onde com duas ou três palavras você consegue definir um produto, como no caso do nosso exemplo acima, “frases de conquista”.

E existem os termos long tail, ou palavra-chave de cauda longa, onde a pesquisa é mais específica, como por exemplo, “frases que conquistam o coração de um homem”.

Quais os benefícios do SEO?

Visibilidade é a palavra de ordem na internet. Por isso, uma boa estratégia de SEO pode fazer você aparecer para termos com muita pesquisa e com isso, você pode gerar renda através dessa audiência.

O principal benefício do SEO é o aumento de tráfego e o impacto que esse volume de pessoas pode trazer para sua estratégia.

Com bastante gente visitando seu site, a captação de leads é outra forma de monetizar um projeto, já que existem muitas empresas precisando de leads qualificados.

Outro benefício é o retorno sobre o investimento, ou ROI, que é significativamente mais barato no SEO do que comparado a outras campanhas de marketing digital, como o próprio Google Ads.

Os investimentos feitos com a otimização SEO do seu site vai se transformar em lucratividade rapidamente, já que com mais autoridade e visibilidade, a tendência é que o número de visitantes do seu site seja cada vez maior.

Por fim, de acordo com Lucas Ferraz, especialista em SEO, é essencial lembrar que as estratégias de SEO são de médio a longo prazo, já que a construção da autoridade não é do dia para a noite.

Ou seja, os resultados podem até demorar a aparecerem, mas uma coisa é certa… se você fizer tudo da maneira correta, eles com certeza virão.

Conclusão

Em suma, saber o que é SEO e como executar essa e outras estratégias de marketing digital pode fazer a diferença para qualquer empresa.

Afinal, quanto mais visibilidade, maiores são as chances de gerar mais leads qualificados, o que impacta diretamente o lucro da empresa.

Portal Útil

Portal Útil

Estamos sempre em busca de assuntos para escrever artigos e guias para direcionar os nossos leitores à solução de um problema cotidiano.

Sem comentários

Deixe seu comentário

O que achou do nosso texto "O que é SEO: 9 fatores para conseguir tráfego orgânico"? Deixe seu comentário, dúvida ou sugestão abaixo.