Como bloquear o celular do meu filho: 8 apps

Por causa da insegurança no mundo online ou desrespeito das crianças com os horários do smartphone, muito se procura sobre “como bloquear o celular do meu filho”.

Antes de mais nada, as crianças estão participando do mundo da tecnologia cada vez mais cedo. Uma vez que elas fazem parte de uma época dominada por aparelhos portáteis.

No entanto, ao mesmo tempo que isso é ótimo, também pode representar alguns riscos. Por isso, os pais devem conhecer e usar um aplicativo para bloquear o celular do filho.

Afinal, até mesmo os mais experientes correm perigos no ambiente online.

Mas, antes, é preciso conhecer o funcionamento dos aplicativos de controle parental e como eles funcionam.

O que este artigo aborda:

Como bloquear o celular do meu filho Como bloquear o celular do meu filho
Pin It

Fonte da imagem: Pexels

Como bloquear o celular do meu filho?

Primeiramente, vale ressaltar que a internet é um lugar fascinante para os mais jovens. Uma vez que é possível encontrar pessoas, comprar objetos e comida, ouvir música, estudar e se atualizar.

No entanto, também estamos falando de um lugar perigoso, especialmente para os pequenos. Isso porque eles podem entrar em contato com pessoas mal-intencionadas, acessar sites impróprios, cair em golpes, entre outras situações delicadas.

Dessa maneira, fiscalizar as atividades, conversas e também os sites que seus filhos visitam é essencial para garantir a segurança deles.

Além disso, é fundamental também controlar o tempo que eles passam navegando para que as telas não atrapalhem sua infância e outras atividades importantes, como estudar.

Portanto, para ajudar nessa tarefa, os pais podem usar aplicativos de controle parental. Afinal, existem diversos apps parentais diferentes disponíveis no mercado.

Através deles os pais podem controlar o tempo que a criança fica no celular, bloquear diversas funções, escolher quais aplicativos e sites são proibidos de acessar.

Ainda, esses apps também são capazes de informar sobre a localização do seu filho para o smartphone dos responsáveis.

Converse com seus filhos antes de instalar apps de controle parental

Para que as crianças entendam que essa é uma atitude de carinho, é preciso ter uma conversa antes.

Ou seja, reforçar o motivo pelo qual você irá instalar um aplicativo para rastrear o celular ou bloqueá-lo.

Isso porque, com o diálogo, a criança se sente protegida e enxerga a situação como uma demonstração de amor.

Como funcionam os apps espiões?

Definitivamente, usando esses aplicativos os pais podem ter mais controle sobre as buscas dos filhos. É bem verdade que cada app irá disponibilizar alguma função diferente.

Porém, de forma geral, dá para controlar os horários das crianças, descobrir a localização deles, bloquear sites inapropriados e conferir as buscas na internet.

Dessa maneira, caso identifiquem algum conteúdo estranho para a idade, os pais podem sentar e conversar a respeito.

Quais são os melhores aplicativos para bloquear o celular do filho?

Então, confira agora algumas sugestões de app para bloquear celular do filho e de controle parental.

1. mSpy

O mSpy é um dos melhores aplicativos para monitorar e bloquear o celular do filho.

E além de contar com o rastreamento do celular com localização em tempo real, também permite ver:

  • Conversas em todos os aplicativos;
  • Histórico do GPS e localização em tempo real;
  • Controle de uso de sites e apps;
  • E vários outros recursos.

2. EyeZy

O EyeZy é uma opção para ter controle, pois, não possui o recurso de bloquear.

Ele permite monitorar o uso do celular, rastrear a localização e controlar os acessos a sites.

3. Screen Time

Em suma, os pais devem baixar o aplicativo ST Kids e colocar no celular das crianças. Além disso, é muito simples e rápido de configurar, pois, é muito intuitivo.

Mesmo assim, trata-se de um app muito completo. Ou seja, usando ele é possível bloquear o celular totalmente em horários determinados. Por exemplo, durante a madrugada ou nos horários da escola.

Além de estipular um limite de uso por dia, filtrar quais páginas dá para acessar, rastrear a localização e também bloquear outros aplicativos.

Por fim, o Screen Time é um app gratuito para bloquear celular disponível para Android e iOS.

4. Kids Control

Outra opção na qual, assim que os pais baixarem esse aplicativo, dá para convidar outras pessoas e adicionar no mapa. Dessa maneira, você acompanha a localização em tempo real do seu filho.

Bem como mostra se a pessoa está parada, qual a porcentagem de bateria do celular, se está usando o Wi-Fi ou o 3G, e quando acessou o aplicativo pela última vez.

Outro ponto interessante é que é possível adicionar locais específicos no mapa, por exemplo, casa de parentes e escola. Sendo assim, os pais são notificados onde a criança está, aparecendo o nome dado ao local.

Por se tratar de um aplicativo que usa a localização, acontece de travar algumas vezes. Assim como acontece com os outros apps que utilizam o GPS, como Waze.

No entanto, em sua versão premium, os pais conseguem ver a posição dos filhos mesmo quando eles ficam sem internet.

5. App Block

Já esse aplicativo é instalado diretamente no celular dos filhos. Assim, os pais podem escolher a hora, localização, limite de uso e Wi-Fi que é bloqueado. Bem como os aplicativos e sites proibidos.

Então, para que a criança não mexa, entre nas configurações do app e depois selecione “modo restrito”. Nesse caso, o responsável escolhe qual é o método de desativação, podendo ser por tempo, PIN, ou conectando o carregador.

Porém, sua grande desvantagem é que não existe um controle no smartphone dos pais. Por fim, esse é um app gratuito que só funciona no Android.

6. Life360

Por sua vez, o Life 360 possui o compartilhamento da localização, no qual os pais podem acompanhar os percursos que os filhos fazem. Além disso, eles sabem por quais ruas a criança passou.

Mais um diferencial é que, quando a criança chegar num determinado lugar, é enviada uma notificação direto para o celular dos seus responsáveis.

Já em casos de o aparelho ser perdido ou roubado, é possível rastreá-lo com esse app.

O Google Family Link te apresenta um relatório sobre o período de uso mensal ou semanal. Além disso, estabelece o que pode, ou não, ser comprado através do Google Play Store.

Outras funções são: rastrear a localização, ocultar apps, bloquear o celular e limitar o tempo de utilização. Por ser um aplicativo de uso familiar, você consegue adicionar para todos os filhos, com até cinco pessoas como monitor.

No entanto, saiba que esse aplicativo para bloquear celular solicita uma configuração parental, na qual o celular do filho precisa estar próximo ao dos pais.

Além disso, a criança deve ter menos de 13 anos e uma conta Google separada.

8. AppLock 

Por fim, ao usar esse aplicativo para bloquear celular dá para definir horários certos para que a criança acesse apps, jogos, entre outros recursos do dispositivo.

Dessa maneira, os pais programam pausas nos jogos e também na navegação das redes sociais.

Sendo assim, esse app precisa ser instalado no celular da criança e definir um padrão de segurança para bloquear o aparelho. Após esse primeiro passo, digite o e-mail para recuperação da senha.

Depois, abra o aplicativo e selecione no menu de adição de perfis para encontrar uma lista de apps e recursos que podem ser bloqueados.

Não dá para mexer nas configurações do aparelho através do AppLock. Porém, é possível limitar o uso através da Google Play Store.

Por fim, o AppLock está disponível gratuitamente somente para Android.

Conclusão

Em suma, ao optar por um aplicativo para bloquear celular das crianças, os pais ganham mais controle sobre a segurança dos filhos online.

Afinal, essa é a maior vantagem para os pais nos dias de hoje quando se trata de controle parental e monitoramento dos filhos. Pois, existem muitos perigos online atualmente.

Para saber mais sobre como bloquear o celular do meu filho, veja o vídeo do canal Fala Vertão.

Portal Útil

Portal Útil

Estamos sempre em busca de assuntos para escrever artigos e guias para direcionar os nossos leitores à solução de um problema cotidiano.

Sem comentários

Deixe seu comentário

O que achou do nosso texto "Como bloquear o celular do meu filho: 8 apps"? Deixe seu comentário, dúvida ou sugestão abaixo.