Como saber se meu celular está clonado: 5 dicas

Hoje, ter como saber se meu celular está clonado se tornou essencial. Em suma, trata-se de uma dúvida muito comum de quem usa smartphone. Afinal, no mundo digital há muitas pessoas mal-intencionadas que buscam formas de roubar informações pessoais de terceiros para então aplicar golpes.

Além disso, o celular de uma pessoa é um dos principais meios para conseguir diversas informações sobre ela. Por isso, a clonagem de smartphones se tornou um golpe cada vez mais comum e perigoso. 

Então, para te ajudar, nós preparamos um artigo com dicas para você saber se o seu celular está clonado e o que fazer para se proteger.

O que este artigo aborda:

Como saber se meu celular está clonado Como saber se meu celular está clonado
Pin It

Fonte da imagem: Pexels

Como clonar um celular?

Antes de mais nada, você deve entender quais são os principais tipos de clonagem. Assim, fica mais fácil proteger seu celular de golpes.

1. Clonagem de chip

Primeiramente, também chamada de SIM swap, nessa clonagem o criminoso consegue o número do celular da vítima e também outras informações básicas sobre ela. Então, ele liga para a operadora de telefonia se passando pela vítima. 

Uma vez que o criminoso diz que teve o celular roubado e solicita que a empresa vincule o número antigo a um novo chip.

Dessa maneira, o criminoso possui acesso a todas as ligações, mensagens, códigos de verificação via SMS para recuperar senhas, entre outros dados. Por fim, com essas informações fica possível aplicar diversos golpes.

2. Celular clonado através do código do aparelho

Além disso, saiba que o seu aparelho tem um código único para identificá-lo. Portanto, nesse golpe, o criminoso reprograma o aparelho para transmitir o seu código e o código do assinante habilitado. Sendo assim, ele pode fazer ligações que serão debitadas na conta do titular da linha.

3. App espião

Mais uma maneira bastante comum de clonagem de celular através de aplicativo espião. Geralmente, esse golpe é aplicado por alguém que possuiu acesso ao seu celular.

Dessa maneira, ele instala o app no seu smartphone e todos os dados são enviados para o celular de quem realizou a clonagem.

Por fim, esse é o tipo de golpe mais comum para clonar celulares. Isso porque geralmente é aplicado por parceiros ou parentes que espionar tudo o que a vítima está fazendo.

Já que é possível rastrear celular, ver chamadas e redes sociais com esses aplicativos de controle parental.

Como saber se meu celular está clonado?

Em suma, existem alguns pontos que você pode se atentar:

  • Observe se o seu celular apresenta aplicativos estranhos que você nunca instalou;
  • Confira se existem números desconhecidos na sua caixa de ligações recebidas;
  • Caso você escuta barulhos estranhos ao realizar uma ligação, isso pode indicar que seu aparelho foi invadido;
  • Lentidão e travamento do celular também podem ser indícios de que existe um app espião funcionando em seu smartphone;
  • Se atente para quanto de dados móveis cada app consome. Ou seja, caso um aplicativo que você não usa esteja gastando mais dados que o normal, pode ser um fraudador no seu aparelho.

Assim, os indícios mais comuns de chip ou celular clonado pelo código são: 

  • Dificuldade para conseguir completar chamadas;
  • Quedas frequentes durante as ligações;
  • Problemas para acessar a sua caixa postal;
  • Muitas chamadas recebidas de números desconhecidos.

Como proteger o celular para não ser clonado?

Por fim, confira alguns passos simples para proteger o seu aparelho:

  • Para conseguir se proteger de clonagens, o primeiro passo é possuir um app confiável de antivírus no seu smartphone;
  • Caso seu chip seja clonado, ligue para a sua operadora e solicite o cancelamento da linha;
  • Em seguida, encontre e apague todos os aplicativos que você não reconhece ou então não se lembra de ter baixado;
  • Se preferir, realize uma formatação no seu aparelho;
  • Não clique em links estranhos, que você não conhece a procedência;
  • Evite emprestar o seu celular para outras pessoas;
  • Ao recarregar o celular no computador de alguém, opte pela opção para somente carregar e não compartilhe os dados;
  • Não selecione a opção para lembrar de senha nos seus cadastros;
  • Também não realize compras online conectado em Wi-Fi público.
Portal Útil

Portal Útil

Estamos sempre em busca de assuntos para escrever artigos e guias para direcionar os nossos leitores à solução de um problema cotidiano.

Sem comentários

Deixe seu comentário

O que achou do nosso texto "Como saber se meu celular está clonado: 5 dicas"? Deixe seu comentário, dúvida ou sugestão abaixo.