ESP32 vs ESP8266: entenda a diferença

O ESP32 é provavelmente o tipo mais conhecido entre as placas da família ESP, que tem a mesma premissa que as já tradicionais placas Arduino. Ou seja, são ideais para quem começou agora a desenvolver seus projetos, e precisa de um mecanismo que ofereça funções sólidas, porém, simples e não muito complexas.

Os microcontroladores ESP tem uma vantagem em relação ao Arduino: eles fazem conexões wi-fi, coisa que podemos até conseguir programar um Arduino para fazer, mas somente quando combinados com outros componentes.

Enfim, se você quer conhecer os microcontroladores ESP e saber qual a melhor opção entre o ESP32 e o ESP8266, venha conferir conosco!

O que este artigo aborda:

ESP32 vs ESP8266 ESP32 vs ESP8266
Pin It

Fonte da imagem: Pexels

O que é o ESP32 e como surgiu?

Os ESP são produtos da empresa Espressif, de origem chinesa, que são dedicados a facilitar a vida de quem começou a desenvolver projetos recentemente. São as chamadas “placas de desenvolvimento” que auxiliam com ferramentas simples, mas bastante versáteis os primeiros passos de uma criação que pode se tornar muito mais complexa.

O ponto forte das ESP é sua conexão wi-fi, que permite assim realizar uma série de projetos que um arduino, concorrente mais tradicional, não poderia fazer.

Em 2014, quando a empresa lançou seu projeto, contava apenas com o ESP8266, mas logo em 2016, a empresa lançou o seu ESP32.

O ESP32 como evolução do ESP8266

Como dissemos, o ESP8266 veio antes do ESP32, logo, podemos considerar o ESP32 como uma evolução do seu predecessor.

Mas isso não faz do ESP8266 um objeto necessariamente rudimentar. Ele ainda é uma alternativa muito viável, por ter conexão wi-fi, poder ser programado pelo IDE Arduino do seu concorrente e com um custo baixíssimo de energia, o que faz dele muito útil em alguns projetos.

Diferença entre ESP32 e ESP8266

Mas não podemos negar que o ESP32 é de fato superior ao ESP8266, porque além de realizar praticamente tudo o que o predecessor realiza, como wi-fi, ser programado com IDE Arduino, etc., o ESP32 também tem mais capacidade de processamento, maior memória para executar suas tarefas, sensor de temperatura e tecnologia Bluetooth.

Placa de desenvolvimento e tipos de Módulo ESP32

As chamadas placas de desenvolvimento são o modo mais adequado e simples de utilizar o ESP32. Ambos, em conjunto, trazem inúmeras ferramentas para os seus projetos. Vamos conhecer alguns módulos do ESP32 abaixo:

Módulo Wi-Fi ESP32 Bluetooth

O mais simples de todos, porém, ainda bastante útil e com certeza o melhor para quem começou agora. Pode ser programado com Arduino IDE e conta com regulador de tensão.

Módulo Wi-Fi ESP32 Bluetooth TTGO Mini

Ideal para ser utilizado em projetos portáteis, esse módulo se destaca pelo seu tamanho menor e por ser mais prático.

Módulo Wi-Fi ESP32 com suporte de bateria

Esse módulo é um dos mais completos e, apesar de não ser muito grande, tem funções bastante interessantes como botão de liga e desliga e suporte para ser acoplado em algumas baterias.

Módulo Wi-Fi ESP32 LoRa SX1276 com OLED

Esse módulo conta com a tecnologia LoRa, que permite que ele se comunique com aparelhos a até 4 km de distância em áreas urbanas (pode chegar a 9 km de distância em áreas rurais) e faz tudo isso com um consumo energético moderado, mas também tem suporte para bateria e até painéis solares.

Módulo Wi-Fi ESP32 com Câmera e Display OLED

Ideal para protótipos relacionados a área de monitoramento e segurança. Esse módulo vem com câmera, display, sensor de presença e suporta cartões SD.

Esses são os diferentes módulos do ESP32, que mostram o potencial que esse microcontrolador tem para agregar seus projetos. Não deixe de conferir esse dispositivo!

Portal Útil

Portal Útil

Estamos sempre em busca de assuntos para escrever artigos e guias para direcionar os nossos leitores à solução de um problema cotidiano.

Sem comentários

Deixe seu comentário

O que achou do nosso texto "ESP32 vs ESP8266: entenda a diferença"? Deixe seu comentário, dúvida ou sugestão abaixo.