Casa automatizada: 5 tipos de automatizações

O termo Smart Home (Casa Inteligente, em tradução livre) não é muito comum ou conhecido entre o grande público, e pode parecer uma realidade distante daquilo que podemos ter em casa. 

No entanto, saiba você que, se pensava que só veria uma smart home em filmes, a realidade da automação residencial está mais próxima do que imaginamos.

Primeiramente,deve-se entender o conceito de smart home: Uma casa automatizada; uma residência apta a receber comandos, programações e agendamentos automaticamente, por meio de operações tecnológicas. 

Nela é possível realizar tanto ações simples do dia a dia (como acender a luz), até as mais complexas (como segmentar a climatização de diferentes ambientes por meio de assistência virtual).

Entenda a seguir tudo sobre seu funcionamento.

O que este artigo aborda:

Casa automatizada Casa automatizada
Pin It

Fonte da imagem: Pexels

O que é casa automatizada?

Existe uma diferença entre integração e automação, apesar de que muitas pessoas confundem ambos os termos e acabam se enganando ao fazer negócio.

Integração é quando o mecanismo funciona entre um dispositivo (smartphone, etc.) e o objeto da casa (ar-condicionado, etc.) de maneira integrada. 

Basta clicar em um botão do seu smartphone e a lâmpada acenderá, por exemplo.

A automação funciona da mesma forma, exceto que é programada. 

Você informa e programa automaticamente os itens domésticos que irão funcionar, bem como o horário desejado. 

Por exemplo, uma lâmpada na parte externa da residência pode ligar e desligar sempre nos mesmos horários.

O que considerar para automatizar casa?

São muitas as opções de itens automatizáveis em casa. Dos aparelhos domésticos até os irrigadores do jardim. 

Basicamente, tudo o que tiver conectividade elétrica pode ser automatizado, sem fio e até com cabeamento. 

Confira a seguir alguns dos itens que podem funcionar automaticamente:

  • Todo o sistema de iluminação da residência;
  • Sensores (Movimento, fumaça ou vazamento de água, que desligam o registro geral);
  • Controle de temperatura por ambiente;
  • Aquecedores de banheira e piscina;
  • Janelas e cortinas (motorizadas);
  • Home theater;
  • Segurança (câmeras, trancas, biometria, etc.);
  • Irrigação para jardins;
  • Aspirador;
  • Tomadas inteligentes;
  • Placas solares.

O mais importante é saber que você pode controlar a automação do seu lar de qualquer lugar do mundo, contando que tenha acesso à internet.

Como automatizar a casa?

A seguir, veja como automatizar a casa planejando o que será automatizado.

1. Cenários

Além de criar diversos ambientes para assistir um filme ou ter um jantar romântico, a automatização das lâmpadas permite economia e controle através de comandos de voz ou aplicativos.

2. Ar-condicionado

É possível programar o aparelho para funcionar em determinados momentos do dia e com temperaturas diferentes, além de ajudar a economizar energia.

3. Sensores de gás

Instale um sensor de gás de cozinha atrelado a uma válvula inteligente. 

Caso haja vazamento, ela será automaticamente fechada, evitando acidentes e garantindo segurança.

4. Eletroeletrônicos

A automação evita que outros aparelhos funcionem sem a necessidade, como por exemplo televisões e rádios. 

É possível ligar e desligar esses itens, para que não fiquem ativos enquanto você estiver fora de casa, por exemplo.

5. Medidores de energia

Para quem está tentando controlar seus gastos, os medidores de energia permitem comparar o consumo energético atual com os de meses anteriores. 

Assim, é possível reduzir em outros itens e ter maior controle de eletrodomésticos e eletroeletrônicos.

Quais são os benefícios de uma casa automatizada com luz solar?

O desafio de ter de ficar em casa, em consequência da pandemia do Coronavírus, acelerou as mudanças para casas inteligentes.

Isto se deu pois as vantagens da energia solar fotovoltaica e da Automação Residencial se tornaram soluções ideais para trazer conforto, segurança e economia.

Além da tranquilidade para trabalhar e descansar em casa.

Podemos combinar ambas as tecnologias para criar um ambiente mais favorável, que atenda às suas necessidades, poupe tempo e que melhore seu desempenho e criatividade.

Para montar sua casa inteligente, você pode adicionar cada item separadamente, sem precisar investir em tudo de uma só vez.

1. Inteligência Artificial

Todas as funcionalidades de uma casa serão controladas a partir do smartphone ou qualquer outro gadget, tudo em nuvem pela rede de internet das coisas. 

Não vai ser necessária uma grande infraestrutura para a automatização, pois as tecnologias já são adaptáveis a tudo o que existe.

O “cérebro” da casa será sua assistente virtual, que reconhecerá e interpretará sua voz para fazer ligações, ajustar a iluminação, lembrar horários, controlar a temperatura e navegar ou ditar e-mails.

2. Conforto

Imagine-se em sua casa inteligente, e com um simples comando de voz, a sala de cinema fica do jeito que você gosta, na temperatura ideal, com a iluminação ideal, e ao mesmo tempo que seu escritório conta com uma assistente para ajudar na produtividade. 

Além de lazer, a automação pode ampliar sua capacidade de criar e produzir. Tudo para dedicar mais ao que realmente importa.

3. Segurança

Com fechaduras biométricas, você elimina a utilização de chaves, abrindo e fechando portas, controlando o acesso de pessoas no seu celular. 

Sensores podem ativar alarmes e enviar notificações, indicando a abertura de portas, janelas e portões.

3. Sustentabilidade e Economia

Graças aos painéis solares integrados ao sistema de automação, a casa se auto sustenta, com medição independente para controlar a geração e consumo de energia em tempo real, para que você ajuste e garanta sua máxima eficiência, configure um limite de gasto, emita um alerta ou ative a configuração de economia de energia para atingir o orçamento desejado.

O controle da luz natural proveniente de janelas e outros tipos de controle, como válvulas solenóides de água e gás, podem ser integradas para obter maior economia. 

Os gráficos serão gerados em tempo real no painel de controle, onde você pode acompanhar remotamente e comparar com a fatura da concessionária, verificando desvios e recebendo um alerta, caso o limite determinado seja ultrapassado.

4. O futuro chegou

Portanto, a casa sentirá seus moradores, reconhecerá seus comandos e ajustará suas preferências. 

Eletrodomésticos serão inteligentes, assistentes virtuais tomarão decisões de compra, câmeras reconhecerão seus gestos e tudo estará conectado em nuvem para você controlar de onde estiver.

Para saber mais sobre casa automatizada, veja o vídeo do canal Felps.

Portal Útil

Portal Útil

Estamos sempre em busca de assuntos para escrever artigos e guias para direcionar os nossos leitores à solução de um problema cotidiano.

Sem comentários

Deixe seu comentário

O que achou do nosso texto "Casa automatizada: 5 tipos de automatizações"? Deixe seu comentário, dúvida ou sugestão abaixo.