Qual o melhor adubo para orquídeas: 2 melhores opções

Afinal, você sabe escolher qual o melhor adubo para orquídeas? Em suma, caso você não saiba o que usar para orquídeas florirem corretamente, todo o processo vai ser muito mais trabalhoso.

O que este artigo aborda:

Qual o melhor adubo para orquídeas Qual o melhor adubo para orquídeas
Pin It

Fonte da imagem: Pexels

O que você deve fazer para a orquídea florir? 

Além de boa iluminação e rega constante, um ponto essencial para a orquídea florir é garantir os melhores nutrientes presentes na terra. Por exemplo, substâncias como nitrogênio, fósforo e potássio são essenciais para que a planta floresça com saúde. 

Sendo assim, a melhor maneira de fazer essa suplementação de vitaminas no solo é utilizando a fertilização da terra com concentrados de nutrientes, ou seja, adubos. Dessa maneira, no mercado, você pode encontrar duas opções: adubos minerais e orgânicos. Confira agora mais informações sobre eles.

Qual o melhor adubo para orquídeas?

No caso de orquídeas, uma opção muito encontrada no mercado é o adubo mineral, indicado pela sigla NPK. Uma vez que essas três letras mencionam as substâncias: nitrogênio, fósforo e também potássio. 

Ainda que apresentem os mesmos nutrientes, eles possuem três classificações diferentes, segundo a proporção de cada substância.  

Adubo mineral

Entre as opções de adubos minerais, o iniciante em jardinagem pode ficar com dúvida sobre qual é o melhor adubo para orquídeas. Por isso, para fazer a fertilização do jeito certo é necessário considerar em qual fase de desenvolvimento da planta o fertilizante vai ser utilizado. Confira:

  • crescimento: o adubo apresenta uma parcela maior de nitrogênio, para estimular mais brotação e folhagem; 
  • manutenção: possui os percentuais de NPK (Nitrogênio, Fósforo e Potássio) em igualdade, para manter o crescimento, brotação e enraizamento; 
  • floração: já aqui o adubo conta com maior quantidade de fósforo, o que ajuda na floração e melhor enraizamento da planta. 

Por fim, utilizar adubo mineral é indicado para quem realiza o cultivo da planta em ambientes internos de casas ou apartamentos. Isso porque suas principais características são: a melhor absorção pela planta e a necessidade de realizar a reaplicação do produto em períodos menores. 

Adubo orgânico

Já para quem tem espaço na área externa da casa com ventilação, como um jardim, por exemplo, o adubo orgânico é o mais recomendado. Uma vez que com um processo mais demorado do que na sua forma mineral, o adubo orgânico para orquídeas leva nutrientes por mais tempo. 

Sendo assim, entre as melhores opções de adubo para orquídea temos o Bokashi. Trata-se de um fertilizante natural feito a partir da fermentação, decomposição e que também mescla uma grande diversidade de materiais orgânicos.

Quando usar adubo?

Em suma, cada tipo de adubo para orquídea possui uma forma de aplicação. Por exemplo, fertilizantes de origem mineral são utilizados a cada 15 dias, sempre de acordo com as orientações que estão na embalagem do produto.  

Já em situações onde a opção for por adubos orgânicos, o período entre a fertilização e outra costuma ser maior. Isso acontece porque a liberação dos nutrientes no solo é mais demorada, além de ser menos agressiva para o solo.

Por isso, uma dúvida comum entre os apaixonados por jardinagem é entender quando utilizar adubo para a orquídea. No geral, a melhor maneira de identificar esse momento é ficar atento às fases de desenvolvimento da sua planta.

Dessa maneira, assim que a orquídea soltar a haste floral ou então os botões de flores, é sinal de que sua flor está florescendo, sendo preciso usar o adubo para ela florir. No entanto, se ainda não há floração e você quer manter a evolução da planta, o recomendado é aplicar adubo com os nutrientes indicados para o seu crescimento.

Como usar adubo para orquídeas?

Caso sua escolha seja por adubo mineral, o produto vem pronto em borrifador, em forma de sais ou então líquido para ser dissolvido na água. Assim, basta usar o borrifador para regar a planta usando o fertilizante. 

Além disso, não se esqueça de pulverizar as folhas tanto em cima quanto embaixo e aplique esse produto diretamente no seu substrato. 

Mas caso a opção seja o adubo orgânico, sempre distribua o composto orgânico pela borda do vaso. Dessa maneira, você permite que a planta receba os nutrientes o mais próximo possível das raízes.

Portal Útil

Portal Útil

Estamos sempre em busca de assuntos para escrever artigos e guias para direcionar os nossos leitores à solução de um problema cotidiano.

Sem comentários

Deixe seu comentário

O que achou do nosso texto "Qual o melhor adubo para orquídeas: 2 melhores opções"? Deixe seu comentário, dúvida ou sugestão abaixo.