Como meditar na bíblia: 5 dicas

Boa parte dos cristãos de hoje em dia não fazem a menor ideia de como meditar na bíblia e aproveitar os benefícios da disciplina espiritual.

Afinal, confundem os termos da área de estudo das sagradas escrituras e pensam que essa meditação está vinculada ao ato de ler ou estudar a bíblia de forma minuciosa.

Além disso, há quem diga que a meditação bíblica é uma diferença entre cristão e católico. Contudo, isso não é verdade, já que ambos meditam na bíblia.

Por isso, alguns usam os conceitos da meditação ocidental e o aplicam ao estudo da bíblia com o intuito de conectar-se mais com Deus.

Mas, nada disso representa o que essa disciplina da meditação é de fato. O que se faz necessário saber exatamente como meditar na bíblia de forma correta.

O que este artigo aborda:

Como meditar na bíblia Como meditar na bíblia
Pin It

Fonte da imagem: Pixabay

O que é meditar na bíblia?

Primeiramente, o salmista declara no Salmo 1:2 o seguinte:

Antes tem seu prazer na lei do Senhor, e na sua lei medita de dia e noite.

Assim, ao estudar a bíblia online também vemos que Josué é aconselhado pelo nosso Deus a cumprir diariamente a disciplina da meditação para ser fiel ao que está escrito e sua trajetória ser abençoada.

Em outras palavras, essa disciplina espiritual está associada à tranquilização da alma e da mente por meio do ensino de Deus revelado na bíblia.

Então, para entender como meditar na bíblia, considere que enquanto a meditação ocidental, por exemplo, tem o objetivo de esvaziar a mente de seus praticantes.

Contudo, o ato da meditação bíblica, por sua vez, passa pelo preenchimento dela com textos edificantes. Desta forma, amassam o nosso ego e dão ênfase à vontade de Deus em nossas vidas.

Esse tipo de meditação vai além da leitura ou do estudo detalhado dos trechos bíblicos, porque na verdade trata-se de uma mentalização contínua nas leis do Senhor, nos seus preceitos e propósitos.

Ou seja, é como se tudo o que estivesse escrito nas sagradas escrituras importasse tanto para você ao ponto de fazê-lo não parar mais de pensar nos atributos de Deus e em sua graça.

E, quando esse contato genuíno com o texto sagrado acontece, o nosso nível de santidade é elevado.

Então, nos tornamos cada vez mais conscientes da presença do Senhor e internalizamos a mensagem da cruz em nosso coração.

Assim, isso permite que você se aproxime de Deus em seu dia a dia.

Como meditar na bíblia?

Em suma, coisas novas sempre causam estranheza, ainda mais quando falamos de coisas espirituais que parecem ser um pouco abstratas em um primeiro momento.

Entretanto, existem alguns passos para desenvolver essa prática da meditação bíblica que tornam sua adesão muito mais simples.

Abaixo, veja 5 dicas para você aprender como meditar na bíblia.

1. Oração

O primeiro passo para você aprender como meditar na bíblia e adicionar essa disciplina na sua rotina envolve orar sinceramente a Deus e pedir direção sobre o que é mais emergente de ser aprendido ou meditado por você no momento.

Além disso, pelo fato de serem suas primeiras meditações, é importante pedir ajuda ao Senhor para desenvolver essa disciplina da maneira correta, com um coração realmente voltado para conhecer mais de Deus.

2. Escolha um trecho bíblico ou um tema específico

De acordo com o direcionamento de Deus, escolha qual texto ou tema servirá como base da meditação bíblica.

Às vezes será um texto novo, o qual você nunca tinha lido ou reparado antes, mas, também pode ser um texto bem conhecido entre os cristãos e que Deus queira te dar uma nova perspectiva sobre Ele.

Então, deixe-se guiar pelo Espírito Santo nessa tomada de decisão.

3. Medite plenamente no texto em algum momento

Embora você possa meditar continuamente no trecho ou tema escolhido, é muito interessante dedicar um momento do seu dia para fazer somente a meditação bíblica.

Você pode ficar em silêncio, revisitar um texto em específico ou pedir mais uma vez para Deus ensiná-lo sobre o assunto.

Porém, o importante é que você tenha atenção plena e forme uma atmosfera de adoração ao Senhor nesses momentos.

4. Faça perguntas ao texto

Questione-se sobre os acontecimentos descritos na Palavra. Assim, isso vai estimular sua curiosidade em compreender melhor a passagem bíblica e pode gerar respostas transformadoras.

5. Anote seus entendimentos e os valide na Palavra

Por fim, para que você aprenda como meditar na bíblia, faça anotações e analises com calma nessa nova percepção.

Afinal, você deve validá-la por meio da bíblia antes de colocá-la em prática. Pois, às vezes nos enganamos e podemos criar uma interpretação que seja contra algum princípio ou entendimento bíblico.

Mas não se preocupe, é bem comum que isso aconteça no início e conforme essa disciplina for praticada você vai se sair melhor.

Conclusão

Em suma, a meditação bíblica entra no hall das principais disciplinas espirituais que todo cristão deve aderir.

Como Paulo bem disse, devemos pensar nas coisas do alto e não nas terrenas, afinal, tudo desse mundo é momentâneo enquanto o que vem do Senhor é eterno.

Então, pratique essas dicas de como meditar na bíblia, busque outras informações caso seja necessário e comece desenvolver a meditação bíblica o quanto antes.

Assim, você vai crescer espiritualmente e viver os planos de Deus para sua vida.

Desta forma, não importa se é uma meditação bíblica sobre gratidão ou meditação bíblica para dormir, o importante é estar mais próximo de Deus.

Portal Útil

Portal Útil

Estamos sempre em busca de assuntos para escrever artigos e guias para direcionar os nossos leitores à solução de um problema cotidiano.

Sem comentários

Deixe seu comentário

O que achou do nosso texto "Como meditar na bíblia: 5 dicas"? Deixe seu comentário, dúvida ou sugestão abaixo.