Quem foi Rispa na Bíblia: 3 fatos sobre ela

Você sabe quem foi Rispa na Bíblia? Essa é uma personagem que muitas vezes não se dá a devida atenção, mas há grandes ensinamentos para se tirar disso.

O que este artigo aborda:

Quem foi Rispa na Bíblia Quem foi Rispa na Bíblia
Pin It

Fonte da imagem: Pexels

Quem foi Rispa na Bíblia?

Basicamente, Rispa foi uma concubina do rei Saul de Israel, sendo que a sua história ficou conhecida devido a sua grande dedicação em proteger os corpos de seus filhos, mesmo mortos.

Rispa era descendente de Aiá, sendo ela uma hivita. Ou seja, isso quer dizer que ela era estrangeira. A bíblia ainda mostra que Rispa foi mãe de pelo menos dois filhos: Armoni e Mefibosete, mas não é o mesmo Mefibosete filho de Jônatas.

Assim que Saul faleceu, Abner acabou tomando Rispa como esposa, algo que gerou uma certa discórdia entre Abner e Isbosete.

Assim que Abner tomou Rispa como esposa, ele acabou temendo de que isso fosse alguma estratégia para ocupar o trono de Israel.

A história trágica dos filhos de Rispa

Depois de toda a história do reino de Israel, ele acabou recebendo um outro castigo, o qual durou três anos.

Essa seca foi tão forte que acabou trazendo uma grande crise de fome, algo que trouxe grandes problemas para o reinado de Davi.

A razão para essa seca era de que Israel prometeu proteger os gibeonitas, mas Saul acabou promovendo uma ofensiva militar.

Foi nesse contexto de guerra e conflito que o drama de Rispa começou, haja vista que um dos homens que Davi entregou aos gibeonitas.

Proteção dos corpos de seus filhos

Os gibeonitas executaram Armoni, Mefibosete e os outros cinco descendentes de Saul, pendurando-os em uma colina.

Rispa, em um ato de amor e devoção, vigiou os corpos de seus filhos durante toda a estação das chuvas, protegendo-os de serem devorados por animais selvagens e aves de rapina.

Durante cerca de seis meses, Rispa permaneceu ao lado dos corpos de seus filhos, num ato de luto e fidelidade a eles e a sua memória.

Essa demonstração de amor e devoção acabou chamando a atenção de Davi, que, ao saber da história, decidiu enterrar os ossos dos executados junto com os ossos de Saul e seus filhos.

O período de luto

Durante cerca de seis meses, Rispa permaneceu ao lado dos corpos de seus filhos, num ato de luto e fidelidade a eles e a sua memória. 

Essa demonstração de amor e devoção acabou chamando a atenção de Davi, que, ao saber da história, decidiu enterrar os ossos dos executados junto com os ossos de Saul e seus filhos.

Rispa também nos mostra a importância da fé e da confiança em Deus. Sua devoção e coragem são exemplos de como a fé pode nos ajudar a enfrentar as adversidades da vida.

Para saber mais sobre quem foi Rispa na Bíblia, veja o vídeo do canal Estilo Adoração.

Portal Útil

Portal Útil

Estamos sempre em busca de assuntos para escrever artigos e guias para direcionar os nossos leitores à solução de um problema cotidiano.

Sem comentários

Deixe seu comentário

O que achou do nosso texto "Quem foi Rispa na Bíblia: 3 fatos sobre ela"? Deixe seu comentário, dúvida ou sugestão abaixo.