Nomes bíblicos femininos: 152 significados

De modo geral, os nomes bíblicos femininos são mais do que simples rótulos. Já que são pequenos tesouros de histórias, virtudes, esperanças e lições.

Afinal, cada um deles tem uma aura única, moldada por tradições antigas, fé profunda e uma rica cultura.

A Bíblia é a fonte de nomes bíblicos femininos repletos de significado e inspiração.

Além disso, ao nomear sua filha com um nome bíblico, você também pode já criar uma conta considerando os nomes para Instagram.

O que este artigo aborda:

Nomes bíblicos femininos Nomes bíblicos femininos
Pin It

Fonte da imagem: Pexels

Nomes bíblicos femininos e seus significados

A seguir, veja alguns nomes bíblicos femininos e seus respectivos significados:

  1. Ana: o nome Ana evoca um espírito de graça e compaixão. É um nome que significa “cheia de graça” ou “graciosa”;
  2. Eva: é um nome que emana a essência da vida. Em tradução do hebraico, corresponde a “aquela que concede vida”;
  3. Maria: é um nome que ressoa com pureza e amor, traduzido frequentemente como “a amada” ou “a pura”;
  4. Sara: a profundidade de Sara resgata a ideia de uma “princesa”. É um nome que irradia liderança e dignidade;
  5. Raquel: um nome que pulsa com a energia de uma “ovelha mansa”, evocando uma natureza pacífica e tranquila;
  6. Débora: transmite a ideia de uma “abelha”. É um nome que evoca diligência e trabalho duro;
  7. Ester: é um nome que brilha com a beleza de uma “estrela”, indicando um caminho de luz e esperança;
  8. Rute: a simplicidade de Rute transmite o conceito de “companheira fiel”, uma aliada leal e dedicada;
  9. Lea: emana uma energia de persistência, é traduzida frequentemente como “cansada”, mas lembra-nos da importância da resistência;
  10. Marta: um nome que representa a “senhora”, evoca dignidade, respeito e autoridade;
  11. Miriam: transmite a essência de um amor forte e maternal. O nome significa “amor”;
  12. Elisabete: irradia a promessa de um “juramento de Deus”, uma poderosa manifestação de fé;
  13. Noemi: um nome que ressoa com doçura e prazer, significa “minha alegria” ou “meu prazer”;
  14. Rebeca: um nome que flui com a energia da “união”, celebra a conexão e a comunidade;
  15. Selá: é uma palavra que convida à pausa e reflexão, frequentemente traduzida como “refletir” ou “meditar”;
  16. Tamar: evoca a vitalidade e a beleza de uma “palmeira”;
  17. Hagar: ressoa com a energia da “peregrinação”, um caminho de busca e descoberta;
  18. Jael: é um nome que representa a “cabra montês”, um símbolo de agilidade e independência;
  19. Abigail: um nome que transmite “alegria do pai”, evoca uma forte ligação familiar;
  20. Zípora: que significa “pássaro”, evoca a liberdade, a leveza e o voo em direção ao desconhecido;
  21. Ada: significa “ornamento” ou “beleza”, irradiando uma aura de elegância e graça;
  22. Agar: evoca a imagem de uma “estrangeira”, aludindo a uma viagem de descoberta e autoconhecimento;
  23. Betsabé: um nome que significa “filha do juramento”, simboliza lealdade e compromisso;
  24. Dalila: um nome que significa “débil” ou “fraca”, lembra-nos da importância da humildade e da compaixão;
  25. Diná: que significa “julgada” ou “vindicada”, evoca força, justiça e resiliência;
  26. Elisa: um nome que significa “promessa de Deus”, é um poderoso lembrete da fé e da esperança;
  27. Hulda: um nome que significa “doninha”, simboliza agilidade, inteligência e astúcia;
  28. Iscah: um nome que significa “ela olha”, é uma expressão de perspicácia e consciência;
  29. Joana: que significa “Deus é gracioso”, celebra a benevolência divina e a generosidade;
  30. Lídia: um nome que significa “a que sofre”, lembra-nos da resistência diante das adversidades;
  31. Mical: que significa “quem é como Deus”, inspira admiração e reverência pelo divino;
  32. Ofra: um nome que significa “gazela”, transmite graciosidade, velocidade e beleza;
  33. Priscila: que significa “antiga”, convida a uma conexão com nossas raízes e história;
  34. Quitéria: que significa “beligerante”, celebra a força, a coragem e a determinação;
  35. Raíssa: um nome que significa “tranquila”, evoca paz, serenidade e harmonia;
  36. Salomé: que significa “pacífica”, transmite um desejo de tranquilidade e equilíbrio;
  37. Tirsa: um nome que significa “agradável”, irradia alegria, harmonia e contentamento;
  38. Ula: que significa “a que é forte”, simboliza resistência, força e coragem;
  39. Vasti: que significa “belo”, evoca uma apreciação pela beleza em todas as suas formas;
  40. Zila: um nome que significa “sombra”, reflete uma sensação de proteção e conforto;
  41. Atalia: significa “o Senhor é exaltado”. Este nome ressalta a reverência ao divino;
  42. Bilá: que significa “modesta”, ensina-nos sobre a humildade e a modéstia;
  43. Clóe: significa “broto verde”. Este nome transmite frescor, esperança e renovação;
  44. Dorcas: que significa “gazela”, simboliza graça, agilidade e beleza;
  45. Elódia: que significa “propriedade de Deus”, sugere a noção de que todos nós somos preciosos aos olhos do divino;
  46. Fébora: um nome que significa “brilhante”, irradia uma luz de sabedoria e iluminação;
  47. Gália: que significa “Deus redimiu”, é um testemunho de fé e redenção;
  48. Hada: que significa “voz alegre”, evoca alegria, harmonia e felicidade;
  49. Íris: que significa “arco-íris”, simboliza a ponte entre o céu e a terra, e a beleza da diversidade;
  50. Jada: que significa “sábia”, é um nome que promove o conhecimento, a sabedoria e o discernimento;
  51. Kéturah: significa “incenso”. Este nome transmite agradabilidade, harmonia e prazer;
  52. Loide: que significa “agradável”, espelha amizade, alegria e harmonia;
  53. Mara: que significa “amargura”, é um lembrete das dificuldades da vida e da importância da resiliência;
  54. Naara: que significa “moça”, simboliza a juventude, o frescor e a promessa do amanhã;
  55. Ofni: que significa “minha lâmpada”, simboliza a luz que guia nos momentos de escuridão;
  56. Prudência: como o nome sugere, é um chamado à sabedoria, cautela e discernimento;
  57. Queila: que significa “aquela que congrega”, simboliza a comunhão e a união;
  58. Raquel: que significa “ovelha”, simboliza gentileza, mansidão e paz;
  59. Sifra: que significa “bela”, promove a apreciação da beleza em todas as suas formas;
  60. Tamara: que significa “palmeira”, sugere nobreza, beleza e força;
  61. Uriela: que significa “luz de Deus”, simboliza a iluminação divina que orienta nossas vidas;
  62. Vashti: que significa “a melhor”, celebra a excelência e a superioridade;
  63. Xénia: que significa “hospitalidade”, valoriza a bondade, a generosidade e o acolhimento;
  64. Zara: que significa “amanhecer”, simboliza novos começos e a promessa do amanhã;
  65. Abda: que significa “serva de Deus”, lembra-nos do valor do serviço devotado;
  66. Basemate: que significa “perfumada”, irradia uma aura de encanto e agradabilidade;
  67. Carmi: que significa “vinha”, simboliza a frutificação e a prosperidade;
  68. Diná: que significa “justiçada”, evoca um senso de justiça e equidade;
  69. Elza: que significa “alegre”, reflete alegria e vivacidade;
  70. Faísca: que significa “brilhante”, irradia energia, luz e vivacidade;
  71. Galena: que significa “fonte de riqueza”, evoca prosperidade e abundância;
  72. Hilda: que significa “combatente”, simboliza a coragem, a determinação e a resiliência;
  73. Izete: que significa “gloriosa”, exala uma aura de dignidade e honra;
  74. Jacira: que significa “valente”, evoca coragem e força;
  75. Lara: que significa “protegida”, transmite segurança e conforto;
  76. Mirna: que significa “amável”, exala uma energia de gentileza e carinho;
  77. Noa: que significa “movimento”, representa a dinâmica da vida e a constante mudança;
  78. Ozana: que significa “salva agora”, é um grito de alegria e redenção;
  79. Palmira: que significa “datilera”, simboliza fecundidade e prosperidade;
  80. Quésia: que significa “casca de canela”, transmite doçura e fragrância;
  81. Rute: significa “companheira, amiga”, e celebra a importância da amizade e da lealdade;
  82. Selá: que significa “rocha”, simboliza a firmeza, a confiabilidade e a força;
  83. Tabita: que significa “gazela”, evoca a graça e a beleza elegante deste animal;
  84. Uzias: que significa “minha força é o Senhor”, transmite coragem e resiliência, ancoradas na fé;
  85. Vânia: que significa “Deus é gracioso”, celebra a misericórdia e a generosidade divinas;
  86. Zebina: que significa “vinda do Líbano”, representa o amor pela natureza e pela beleza natural;
  87. Abiail: que significa “meu pai é alegria”, transmite a alegria e o contentamento presentes nos vínculos familiares;
  88. Beula: que significa “casada”, celebra a união, o compromisso e o amor;
  89. Dibri: que significa “promessa”, é um lembrete das promessas que fazemos e mantemos;
  90. Géssia: que significa “válida”, transmite força, validade e importância;
  91. Adiná: que significa “delicada”, simboliza a beleza, a suavidade e a graça;
  92. Habacuque: que significa “abraço”, simboliza o amor, o conforto e o acolhimento;
  93. Inácia: que significa “ardente”, representa a paixão, o calor e o fervor;
  94. Jemima: que significa “pomba”, simboliza a paz, a inocência e a pureza;
  95. Lilá: que significa “noite”, evoca mistério, beleza e o calmante manto da noite;
  96. Maalate: que significa “dança”, celebra a expressão de alegria, a arte e o movimento;
  97. Noemi: que significa “meu deleite”, representa a alegria, o prazer e a satisfação;
  98. Orfa: que significa “nuca”, simboliza o seguir adiante, com determinação e confiança;
  99. Penina: que significa “coral”, transmite a beleza, a raridade e o valor;
  100. Quetura: que significa “incenso”, transmite o aroma agradável e a suavidade;
  101. Raíssa: que significa “a que pensa no próximo”, celebra a empatia, a bondade e o altruísmo;
  102. Samara: que significa “protegida por Deus”, transmite segurança, proteção e conforto divinos;
  103. Tamara: que significa “palmeira datífera”, simboliza a fertilidade, a vitalidade e a prosperidade;
  104. Yael: que significa “cabra montesa”, representa agilidade, resistência e a capacidade de se adaptar a qualquer situação;
  105. Atalia: que significa “Deus é exaltado”, celebra a reverência e a adoração ao divino;
  106. Abra: que significa “mãe de muitos”, evoca a maternidade, a abundância e a generosidade;
  107. Betsabéia: que significa “filha do juramento”, celebra a lealdade, a honra e a fidelidade;
  108. Caslá: que significa “rasgada”, representa a força e a resiliência no rosto da adversidade;
  109. Dorca: que significa “gazela”, evoca a graça, a agilidade e a beleza;
  110. Elisama: que significa “Deus ouviu”, celebra a fé, a esperança e a confiança no divino;
  111. Fulvia: que significa “ruiva”, simboliza a paixão, a coragem e a vivacidade;
  112. Galileia: que significa “roda, revolução”, representa mudança, progresso e movimento;
  113. Idália: que significa “vejo o Senhor”, representa a visão, a compreensão e a consciência divina;
  114. Jerusalém: que significa “possessão de paz”, simboliza a paz, a harmonia e a santidade;
  115. Keila: que significa “aquela que congrega”, representa a comunhão, a unidade e a solidariedade;
  116. Loíde: que significa “amada”, celebra o amor, a ternura e o afeto;
  117. Madalena: que significa “aquela que é elevada”, celebra a elevação, a honra e a dignidade;
  118. Ninfa: que significa “noiva”, celebra o amor, o compromisso e a união;
  119. Ofélia: que significa “socorro”, representa a assistência, o apoio e a compaixão;
  120. Pérsia: que significa “cavalo”, simboliza a liberdade, a força e a aventura;
  121. Sílvia: que significa “da floresta”, evoca uma conexão com a natureza e a terra;
  122. Talita: que significa “menina”, celebra a juventude, a inocência e o potencial;
  123. Uriana: que significa “luz do céu”, simboliza iluminação, inspiração e esperança;
  124. Verônica: que significa “portadora da vitória”, representa força, triunfo e resiliência;
  125. Zípora: que significa “pássaro”, evoca liberdade, beleza e aspiração;
  126. Abigail: que significa “alegria do pai”, celebra a alegria da paternidade e a ligação familiar;
  127. Berenice: que significa “portadora da vitória”, representa sucesso, triunfo e força;
  128. Cândida: que significa “brilhante”, irradia luz, brilho e otimismo;
  129. Dina: que significa “julgada, justificada”, representa justiça, equidade e retidão;
  130. Eunice: que significa “vitória boa”, celebra o sucesso, a conquista e a bondade;
  131. Fátima: que significa “a que desmama”, representa a maternidade, o cuidado e o amor;
  132. Graciana: que significa “graça de Deus”, celebra a bondade, a generosidade e a misericórdia divinas;
  133. Herodíade: que significa “cantora heróica”, evoca coragem, força e expressão artística;
  134. Irene: que significa “paz”, transmite harmonia, tranquilidade e serenidade;
  135. Joana: que significa “Deus é gracioso”, celebra a misericórdia, a bondade e a generosidade divinas;
  136. Lídia: que significa “mulher de Lidia”, representa a beleza, a cultura e a nobreza;
  137. Martina: que significa “dedicada a Marte”, evoca força, coragem e determinação;
  138. Noa: que significa “movimento”, simboliza ação, dinâmica e progresso;
  139. Obede: que significa “serva”, representa serviço, devoção e lealdade;
  140. Priscila: que significa “antiga”, evoca sabedoria, tradição e respeito;
  141. Querubina: que significa “abençoada”, representa bênção, favor divino e proteção;
  142. Rúbia: que significa “vermelha”, simboliza paixão, energia e vida;
  143. Susana: que significa “lírio”, evoca beleza, pureza e delicadeza;
  144. Taciana: que significa “inestimável”, celebra valor, dignidade e preciosidade;
  145. Urbana: que significa “da cidade”, representa sofisticação, cultura e cosmopolitanismo;
  146. Vitória: como o nome sugere, celebra o triunfo, o sucesso e a conquista;
  147. Wanda: que significa “vagante”, representa liberdade, aventura e descoberta;
  148. Xénia: que significa “hospitaleira”, celebra a generosidade, a bondade e o acolhimento;
  149. Yara: que significa “senhora do lugar”, representa domínio, autoridade e liderança;
  150. Zacarias: que significa “o Senhor se lembrou”, evoca memória, tradição e continuidade;
  151. Amal: que significa “trabalho”, simboliza esforço, dedicação e diligência;
  152. Bernice: que significa “portadora da vitória”, representa sucesso, triunfo e força.

Perguntas frequentes

A seguir, veja as perguntas frequentes acerca de nomes bíblicos femininos.

Por que escolher um nome bíblico feminino?

Os nomes bíblicos femininos são escolhidos por suas belas ressonâncias, rica história, e significados inspiradores. Eles oferecem um vínculo intenso com as crenças e os costumes ancestrais.

Todos os nomes bíblicos femininos têm um significado religioso?

Sim, mas nem todos são explicitamente religiosos. Muitos nomes bíblicos femininos têm significados relacionados a virtudes ou elementos da natureza, que são universalmente apreciados.

Maria é o nome bíblico feminino mais popular, tanto pela sua frequência na Bíblia quanto pelo seu uso generalizado ao redor do mundo.

Como posso encontrar o nome bíblico feminino perfeito?

Considere o significado, a sonoridade e a relevância pessoal do nome. A escolha é uma questão de gosto pessoal e conexão com o nome.

Posso usar um nome bíblico feminino mesmo se não for religioso?

Sim. Enquanto os nomes bíblicos femininos têm origens na Bíblia, seus significados e histórias podem ser apreciados por todos, independentemente da fé ou crença.

Conclusão

Os nomes bíblicos femininos são mais do que apenas nomes. Eles são portadores de histórias, símbolos de fé e exemplos de força e virtude.

São nomes que resistiram ao tempo e continuam relevantes e inspiradores até os dias atuais.

Seja você atraído pela beleza do som, pela profundidade do significado ou pela conexão com a fé e a tradição, os nomes bíblicos femininos podem oferecer uma riqueza de inspiração e orientação.

Então, ao escolher um nome bíblico feminino, você considera um legado, uma história e uma identidade.

Portal Útil

Portal Útil

Estamos sempre em busca de assuntos para escrever artigos e guias para direcionar os nossos leitores à solução de um problema cotidiano.

Sem comentários

Deixe seu comentário

O que achou do nosso texto "Nomes bíblicos femininos: 152 significados"? Deixe seu comentário, dúvida ou sugestão abaixo.