O que fazer quando clonam o celular: 6 dicas

A maioria das pessoas não sabem o que fazer quando clonam o celular e nem como se proteger disso.

Imagine o pânico ao perceber que alguém teve acesso a todos os seus contatos, mensagens, fotos e apps.

Atualmente, esse é um temor recorrente, mas que não precisa levar ao desespero.

Afinal, a recuperação da segurança e a proteção das informações são possíveis, basta saber o que fazer quando clonam o celular.

Não obstante, também é preciso saber se o celular está clonado através dos sinais mais comuns.

O que este artigo aborda:

O que fazer quando clonam o celular O que fazer quando clonam o celular
Pin It

Fonte da imagem: Pexels

Como bandidos clonam celulares?

Aplicativos como o mSpy são usados para monitorar e copiar todas as atividades realizadas no celular alvo.

Desta forma, quando instalado, o aplicativo fica oculto e envia informações para o criminoso. Isso inclui mensagens, registros de chamadas, localização GPS, entre outros.

Como bandidos clonam chips de celular?

Os criminosos clonam chips de celular usando várias técnicas, por exemplo:

  • Engenharia social: é a técnica onde o criminoso engana a vítima para obter informações sensíveis, como o número do celular e outros dados pessoais. Depois disso, ele se passa pela vítima para solicitar uma segunda via do chip à operadora;
  • Phishing: nesse método, os criminosos enviam e-mails ou mensagens falsas que parecem ser de instituições confiáveis. Quando a vítima clica no link fornecido, o software malicioso é instalado no celular, dando aos criminosos acesso ao chip;
  • Ataques de rede: os criminosos podem interceptar as comunicações entre o celular da vítima e a rede de telefonia, replicando o chip em outro dispositivo;
  • SIM cloning: outra técnica envolve a clonagem do cartão SIM. O criminoso usa um dispositivo chamado SIM Reader/Writer para copiar as informações do cartão SIM original para um novo. Assim, isso permite que o criminoso duplique o celular e tenha acesso a todas as informações armazenadas no chip.

O que fazer quando clonam o celular?

A seguir, veja o que fazer quando clonam o celular com um passo a passo detalhado:

  1. Mantenha a calma: em primeiro lugar, é crucial manter a calma. Sim, é uma situação estressante, mas tomar decisões precipitadas pode agravar o problema;
  2. Informe sua operadora: o próximo passo é entrar em contato com a sua operadora de telefonia. Eles são os primeiros a poderem ajudar, bloqueando sua linha para evitar danos maiores;
  3. Altere suas senhas: mude todas as suas senhas o mais rápido possível, começando pelos aplicativos e serviços que você mais utiliza, como e-mail, redes sociais e apps bancários;
  4. Comunique seus contatos: avise seus contatos sobre a situação. Isso pode evitar que eles também se tornem vítimas de fraudes;
  5. Registre um boletim de ocorrência: relate o ocorrido para as autoridades. A clonagem de celular é um crime e, portanto, deve ser tratada como tal;
  6. Reinicialize seu celular: por último, reinicie seu celular para o estado de fábrica. Isso pode ajudar a eliminar possíveis softwares maliciosos instalados pelos criminosos.

Perguntas frequentes

A seguir, veja as perguntas frequentes acerca de o que fazer quando clonam o celular.

Como sei se meu celular foi clonado?

Mensagens e ligações desconhecidas são os sinais mais comuns. Também pode ocorrer de o celular começar a agir de forma estranha, com aplicativos abrindo e fechando sozinhos.

A clonagem do celular é um crime?

Sim. A clonagem é considerada uma violação da privacidade e é um crime punível por lei.

Como posso evitar que meu celular seja clonado?

Mantenha seu sistema operacional e aplicativos sempre atualizados. Evite clicar em links suspeitos e não forneça suas informações pessoais a sites e aplicativos desconhecidos.

O que a operadora pode fazer ao ser informada da clonagem?

A operadora pode bloquear a linha para evitar mais danos e iniciar um processo de investigação.

O que ocorre se eu não informar meus contatos sobre a clonagem?

Eles podem se tornar alvo de fraudes, uma vez que os criminosos têm acesso a todas as suas informações.

Conclusão

Ter o celular clonado é uma experiência estressante, mas sabendo o que fazer quando clonam o celular, é possível minimizar os danos e retomar o controle da situação.

Informar a operadora e mudar todas as senhas deve ser sua prioridade, seguido pela informação aos contatos e pelo registro do boletim de ocorrência.

Mas, mesmo assim, a prevenção é a chave, então mantenha seu celular sempre atualizado e protegido para não ter que se preocupar com o que fazer quando clonam o celular.

Afinal, se este problema não ocorrer, você não terá nenhum motivo para se preocupar.

Para saber mais sobre o que fazer quando clonam o celular, veja um vídeo do canal GT dicas.

Portal Útil

Portal Útil

Estamos sempre em busca de assuntos para escrever artigos e guias para direcionar os nossos leitores à solução de um problema cotidiano.

Sem comentários

Deixe seu comentário

O que achou do nosso texto "O que fazer quando clonam o celular: 6 dicas"? Deixe seu comentário, dúvida ou sugestão abaixo.